• Follow Me on Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Sonho de DJ

  • Dia a dia

    setembro 2017
    S T Q Q S S D
    « out    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  
  • Arquivo

  • Categorias

Boas vindas

Estou de volta à Brasília depois de praticamente um ano fora, alguns dias de viagem e muita paciência com a empresa aérea, que para compensar o pequeno atraso de 24 horas, ofereceu 50 dólares.

Daqui, assisti hoje a posse do Presidente Barack Obama e fiquei pensando sobre o futuro do país que agora chamo de casa.

Na dúvida e com certeza, me animo com o novo, o diferente. As possibilidades são infinitas. Inclusive de que dê certo. Ah, conto com isso! Tantos outros também.

Anúncios

O desespero de uma viagem

A esperta aqui comprou as passagens para o Brasil em setembro do ano passado com uma brasileira-suposta-agente-de-viagens-que-nunca-vi-mais-gorda.

Foram quatro passagens no total. A minha e do meu marido, com a United Airlines e Tam. As dos meus enteados com a Delta e Gol.

Eu saio primeiro. Amanhã embarco para Washington, São Paulo, Brasília.

Meu marido viaja no dia 8 de fevereiro de Phoenix para Chicago, São Paulo e Brasília.

Da capital federal seguimos para Florianópolis com toda a família. Onde receberemos meus enteados no dia 15 de fevereiro. Lá ficaremos até depois do Carnaval.

O problema é que a “agente de viagem” está de férias na Lua. O problema é que ela fez várias reservas para mim e meu marido e não cancelou as que não seriam utilizadas. O problema é que o “sistema” da Tam derrubou as reservas. O problema é que a Tam diz que só o meu agente de viagens pode alterar a reserva. O problema é que não encontro a bendita senhora. O problema é que embarco amanhã e se eu usar algum trecho da passagem errada, depois fica impossível corrigir. O problema é que de acordo com a reserva eu saio de Floripa para São Paulo no dia 26 de fevereiro. O problema é que também de acordo com a reserva, saio de São Paulo de volta para os Estados Unidos no dia 25 de fevereiro. Vai entender!!

Debate vice-presidencial

Nem a crise econômica aqui nos Estados Unidos conseguiu abafar a candidata republicana à vice-presidência, Sarah Palin. Durante toda a semana a imprensa foi impiedosa e descascou tudo o que pode em cima da governadora do Alaska. Hoje ela é de novo o centro das atenções. Debate o candidato democrata, Joe Biden, na Universidade de Washington, em St. Louis.

Taxada como burra até por colegas do seu próprio partido, todo mundo está de olho para ver como vai se virar a governadora. Tenho cá a impressão que ela não vai se sair tão mal assim e pode até surpreender.

Confesso que às vezes fico zonza do vai-e-vem crise-Palin-crise-Palin. Tamanho o volume de acontecimentos e informação bombardeando o nosso dia-a-dia. Estou há oito meses morando do lado de cá e me impressiona o frenesi que tem vivido este país.

Tudo bem, tudo bem. vamos lá para mais um round, que é o que interessa. Às 6h da tarde, horário de Phoenix – quatro horas a menos que Brasília – começa o debate entre os candidatos à vice-presidência. O único. Torço para o senador democrata Joe Biden fazer a diferença e mostrar que pode agregar ainda mais votos para Barack Obama. Mas também acho que a governadora Sarah Palin vai ser um show a parte. le-parent:””; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} -o o debate