Aborto

Assunto polêmico tanto aí no Brasil quanto aqui nos Estados Unidos, o aborto, que apesar de ser permitido legalmente do lado de cá, passa a ter uma nova lei no Arizona.

Os legisladores do estado, que parecem caminhar em direção a proibição, aprovaram ontem uma série de restrições à prática.

Com maioria republicana, o legislativo não teve dificuldades em aprovar a lei que, entre outras medidas, prevê um período obrigatório de espera de 24 horas antes de o aborto ser realizado. Garante ainda ao farmacista, o direito de se recusar a vender contraceptivos de emergência se o ato ferir seus valores morais.

De acordo com os registros do Departamento de Saúde do Arizona, 10.486 mulheres fizeram aborto em 2007.

Anúncios

2 Respostas

  1. Paula, aqui em Fortaleza tem uma rede de farmácias que não vende camisinha, anticoncepcional e pílula do dia seguinte. Acredita? E é uma rede grande. Dia desses fui fazer uma visita comercial e vi os valores da empresa escritos na parede e me chamou a atenção um: “seguir os preceitos do catolicismo.” Só depois soube da história das métodos contraceptivos!E quanto ao aborto… voce viu o padre que excomungou uma menina de 9 anos que foi estuprada e abortou, mas o padrasto, que era o culpado, não? Afffffffff

  2. nossa… cada coisa q inventam! fala sério, deixar o farmacista decidir uma coisa dessas de acordo com os princípios dele… q loucura! então pra q existe lei se cada um faz o q quer???eu hein!?beijos mamãe!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: